México: minha experiência no cinema mexicano

Uma de minhas paixões é o cinema. Nas minhas viagens internacionais, quando possível, procuro conhecer o cinema local. Quando digo isso me refiro a assistir um filme como uma pessoa local.

Minha experiência assistindo filme num cinema mexicano foi engraçada. Como eu estava BF_Payoff_1-Sht_v8_Lg-1309x1940.jpghospedado perto do Reforma 222, resolvi ir até lá uma noite conferir o que estava passando. Na época estava passando Homem-Formiga e foi o filme que escolhi assistir entre as opções da época.

Como no Brasil, eu tinha a opção de assistir em inglês com legendas no idioma local ou dublado em espanhol. Como meu espanhol era intermediário na época, resolvi escolher assistir dublado. O mais engraçado aconteceu quando eu fui comprar o ingresso. Cheguei na bilheteria e quando a moça abriu a boca para me dar boa noite e perguntar o que eu queria assistir, eu travei. Travei porque não tinha entendido uma palavra que ela disse. Sabe quando a professora do Charlie Brown fala e só se escutamos blá blá blá? Foi assim, só que muito mais rápido. Ao perceber que eu não tinha entendido nada, ela repetiu de forma mais lenta. Foi ai que consegui entender.

20150720_202209Minha agonia não acabou nesse momento. Nesse cinema, da rede Cinemex, você tem que escolher a poltrona que quer sentar. Cada assento corresponde a uma letra e número do alfabeto. Algo como B3, A2. Tipo batalha naval. Eu sabia o alfabeto em espanhol, com exceção de algumas letras. O mais natural é você escolher uma letra que conhece a fim de não passar vergonha, né? Eu não. Por algum motivo eu resolvi, incoscientemente, escolher uma letra que eu não sabia pronunciar. Talvez eu achasse que soubesse, mas logo descobri o contrário. Assim, escolhi a letra “H” e disse “aca”. É claro que a mulher não entendeu. Repeti mais uma vez “aca”. A mulher não entendeu, então ela resolveu girar o monitor e me mostrar os assentos. Eu, sem graça, apontei para o “H”. Então ela soltou um “ahhh, ACHE”.  Isso, ache, repeti. Todo sem graça, mas com o bilhete na mão saí da fila e fui assistir meu filme pensando na história que eu acabara de colecionar para contar quando voltasse para o Brasil

CURIOSIDADE

Algo interessante sobre as salas de cinema no México. Existe uma sala PREMIUM, mais cara que as salas normais, claro. Nessa sala você recebe um cardápio e escolhe o que comer como se estivesse num restaurante. Não escolhi essa sala, porque tento economizar o máximo que der nas minhas viagens, mas fiquei com muita curiosidade em saber como seria essa comida. Quem sabe na próxima?

 

Site do Reforma 222: https://cinemex.com/cine/237/cinemex-reforma-222

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s